Na Mídia voltar

Compartilhar
16
ago

Entrevista Diário Regional – Investigações da UFJF sobre possíveis fraudes nas cotas

Advogado questiona os critérios adotados pela UFJF nas investigações de fraudes do Sistema de Cotas Raciais

QUESTIONAMENTOS
O advogado Caio Tirapani questiona os critérios utilizados pela Comissão de Sindicância e a postura adotada pela UFJF para apurar as denúncias. O advogado aponta que diante do contexto em que os alunos fizeram suas matrículas, não constavam tais critérios no edital, que antes exigia antes apenas a autodeclaração.

“Essa comissão foi criada agora e está julgando casos de pessoas que ingressaram na UFJF há anos atrás, no caso dos meus clientes que entraram em 2014, o que vigorava era uma coisa completamente diferente. O edital de 2014 exigia apenas a autodeclaração. E não só o edital, como toda declaração vigente a época que constava apenas a autodeclaração e agora a UFJF está criando três novos critérios para julgar casos de quatro anos atrás”.

Tirapani ainda fala que a comissão é válida e que a universidade deve investigar essas denúncias desde que os requisitos fiquem bem estabelecidos e sejam aplicados a partir de agora. O advogado também se posicionou contra a aplicação desses critérios de forma retroativa.”

Clique aqui para ler a matéria.

Notícias Relacionadas

Newsletter

Cadastre seu email e fique atualizado sobre os seus direitos. Receba informações e novidades de concursos públicos. Não se preocupe, você não receberá spam!

Você precisa de um advogado?

Entre em contato conosco.

Open chat
Oi, tudo bem? Você alguma dúvida?

Clique aqui e você será redirecionado para nosso WhatsApp!